983706779

sábado, 18 de junho de 2011

Cresce número de empresas que conquistaram novos clientes em redes sociais

Nova pesquisa da Regus mostra que mais empresas brasileiras utilizam redes sociais para alavancar negócios em 2011

Por Redação, www.administradores.com.br

Fonte: Google Imagens
Cresceu o número de empresas brasileiras que usam redes sociais, blogs, microblogs e fóruns para alavancar novos negócios. Os dados fazem parte de uma nova pesquisa global da Regus, que constatou, em 2010, que 49% das empresas brasileiras ganharam novos clientes "com bastante êxito" através de atividades em redes sociais. Um ano depois, essa proporção cresceu dez pontos percentuais e alcançou o promissor índice de 59%.

A pesquisa revela que, também no âmbito global, mais empresas estão usando mídias sociais para se conectar e interagir com seus clientes, em comparação com o ano anterior.

Em escala global, foi constatado um aumento de 7% no número de empresas que estão atraindo novos clientes por meio de mídias sociais como o Facebook. 52% das corporações em todo o mundo e 68% no Brasil usam sites como Twitter e Facebook para interagir e informar seus clientes.

No Brasil, 61% das empresas estimulam a participação de seus colaboradores em redes sociais como Linkedin, Orkut e Foursquare, contra 53% em todo o mundo.

Outros 39% das organizações no mundo e 38% no Brasil dedicam até 20% do orçamento de marketing às atividades nas redes sociais corporativas.

Para as empresas, as redes sociais evoluíram tanto que deixaram de ser apenas mais um recurso interessante para se tornarem imprescindíveis. A maioria das companhias no Brasil consultadas (87%) e organizações em todo o mundo (74%) concordam que estratégias de marketing sem atividades em redes sociais têm muito menos chances de serem bem-sucedidas.

No entanto, as empresas brasileiras (57%) e as corporações globais (61%) também enfatizam a necessidade de um equilíbrio entre marketing de mídia, confirmando a tese de que sem uma combinação de técnicas tradicionais e digitais, as campanhas de marketing não funcionarão.
Postar um comentário
UA-15674926-13