983706779

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Nas redes sociais a vantagem é dos pequenos

Goste você ou não, cada vez mais pessoas estão conectadas às chamadas redes sociais. Em todas elas é possível encontrar elogios incríveis e ataques violentos às marcas preferidas e mais odiadas pelos consumidores. Enquanto consumidores satisfeitos se unem para trocar informações sobre suas empresas favoritas e dar dicas uns aos outros, clientes insatisfeitos encontram nas redes sociais uma válvula de escape que pode se tornar o pesadelo de uma grande empresa. 

As pequenas empresas, no entanto, tem uma grande vantagem. “Em uma grande empresa, dificilmente o dono estará lá, em um site de relacionamento, exposto e interagindo abertamente com outras pessoas.” Diz Fábio Zugman, autor do livro “Empreendedores Esquecidos”. Nela a informação obtida através de uma rede social, seja ela positiva ou negativa, geralmente passa por analistas e profissionais especializados, quando não por comitês. As pessoas contratadas para administrar essas ferramentas geralmente não possuem poder de decisão e ação e atuam apenas como um canal oficial de abastecimento de informações.

O problema é que nas redes sociais, as pessoas esperam uma conversa, não apenas uma comunicação formal. “Os erros de grandes empresas no abastecimento de redes sociais mostram que elas ainda têm grandes dificuldades em lidar com um tipo de comunicação que não é imposto por elas. Vemos isso volta e meia quando alguém em uma grande empresa tenta barrar de forma autoritária uma crítica forte ou o movimento de seus clientes insatisfeitos.” Completa Zugman.

A pequena empresa, por sua vez, possui uma grande vantagem. “As pequenas empresas possuem menos camadas. Em outras palavras, geralmente é o dono que está ali, lendo os comentários e interagindo com o público e a vantagem não está somente na comunicação direta. A pessoa que está administrando a rede da sua própria empresa geralmente tem o poder de tomar uma decisão efetiva e pode assumir compromissos e tomar decisões em alguns minutos, o que numa grande empresa teria que passar por um comitê de aprovação, chefia, diretores etc.

Um analista de uma grande empresa não pode simplesmente dizer: – Gostei da ideia, vamos mudar nosso serviço”. Diz o autor de Empreendedores Esquecidos.

E é justamente essa capacidade que dá as pequenas empresas uma grande vantagem no mundo digital. Se em muitas áreas ser pequeno pode ser um problema, nas redes sociais a situação se reverte e são as grandes que passam a sofrer.

O universo digital proporciona grandes oportunidades aos pequenos empreendedores. Oferece uma grande fonte de informações, contato com clientes e pessoas que podem influenciar positivamente na direção dos negócios. Esses sites cresceram nos últimos tempos e é importante que o pequeno empresário saiba, pelo menos, do que se trata essa nova forma de se comunicar com seu cliente. “A questão é: Você vai participar? Eu sugiro que ao menos você dê uma olhada do que isso tudo se trata.” Finaliza Fábio Zugman.

Correio do Brasil

Fonte: Incorporativa
Postar um comentário
UA-15674926-13