983706779

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Firefox para Android pode ficar mais rápido

Logotipo do browser Firefox
O Firefox é o segundo browser mais usado na web, atrás apenas do Internet Explorer, da Microsoft



São Paulo - O diretor de engenharia do Firefox, Johnathan Nightingale, revelou em uma lista de e-mails que o navegador da Mozilla irá convergir para a interface nativa do Android.

A mudança enterra a tecnologia XUL, que é utilizada pela Mozilla muito antes de existir o Firefox. Utilizar a interface nativa do sistema pode acarretar em início mais rápido, menos uso de memória e movimentos mais inteligentes para zoou e navegação, afirmou Nightingale. "[O] Firefox é uma parte crítica do suporte à web aberta e essa decisão nos coloca em uma posição para construir o melhor Firefox possível".

Em comparação ao navegador do Android, o tempo de início, carregamento das páginas e navegação de fato colocam a Mozilla atualmente no segundo escalão do sistema do Google. Com as mudanças, que devem alegrar um grande número de fás do Firefox por suas vantagens, como awesome Bar, Firefox Sync e menos consumo de bateria, o navegador pode finalmente incluir a Mozilla na briga pela navegação móvel.

A mudança não será implementada nas versões aurora e beta do Fennec que já estão rodando, mas também não há nenhuma informação sobre sua primeira aparição. Até o momento, a informação é que o novo Firefox para Android manterá o Gecko para processar páginas. Abandonar o XUL, no entanto, deve oferecer desafios e complicações para quem desenvolveu add-ons.

Nightingale destaca que "até o final da semana teremos uma visão mais clara do trabalho".

Fonte: Exame
Postar um comentário
UA-15674926-13