983706779

domingo, 6 de novembro de 2011

Aprenda como se prevenir de golpes no comércio eletrônico

Com a chegada das festas de final de ano as vendas tendem a aumentar. A procura por bons produtos e preços baixos torna os usuários da internet um alvo fácil para golpes de e-mails e lojas virtuais falsas. Hackers e internautas mal intencionados criam, em épocas como o Natal, novos meios de espalhar vírus pela web e coletar informações valiosas de pessoas e empresas. 

De acordo com a advogada Cristina Sleiman, especilista em direito digial, sites e mega promoções falsas, por ser muito atrativo para quem busca comodidade e preços baixos, são meios que exigem maior atenção por parte dos usuários."A engenharia social é a pratica de ações que levam o usuário ao engano. O cracker tenta se passar por um amigo ou por uma marca conhecida a fim de induzir o internauta ao erro e assim, obter dados, principalmente bancários, seja por um link ativado ou por entrega das informações pelo próprio internauta", conta.

Segundo a especialista é importante ficar atento ainda a sites que fazem anúncios falsos, onde muitas vezes o cliente compra, paga pelo produto, mas não o recebe, ou até recebe outro objeto no lugar do que foi comprado. "Para evitar aborrecimentos uma dica é comprar os presentes com antecedência, pois na época natalina a demanda cresce de tal forma que algumas empresas não conseguem manter o programa de entrega. Compras online, em dezembro, corre-se o risco de chegar depois do natal", alerta.

Fique atento a algumas dicas fundamentais para não cair em golpes virtuais:

1. Quando se faz compras pela internet tem que haver mais cuidado do que na loja física. Verifique se a empresa na qual está comprando tem CNPJ, e-mail e telefone de contato e se eles realmente funcionam. Além disso, é sempre bom observar opiniões de outros compradores e principalmente, na hora da transação, conferir se aparece o cadeado no canto direito da página, indicando que a compra é segura.

2.  Redobrar a atenção com o que faz na internet. Ter o cuidado de verificar as informações que recebe evita vírus, transações que envolvem cartão de crédito principalmente, merecem especial atenção em relação à segurança.

3. Não repasse correntes para todos seus amigos. Muitas delas são falsas e ao encaminhar seu e-mail, alguém pode receber cópia de todos os destinatários ou pode cair em uma "armadilha", muitos alegam que a cada clique, ou envio de um internauta uma criança carente receberá determinada doação.

4. Antecipe as compras de final de ano. Compras online, para o Natal devem ser feitas ainda em novembro. Compras feitas em dezembro correm o risco de não chegar a tempo ou de terem sido trocadas.

5. O segredo é ter muito cuidado com o e-mail e sempre ter certa desconfiança. É importante estar atento e desconfiar sempre de promoções mirabolantes. Conferir se a promoção e a empresa que enviou o e-mail realmente existem. O Google pode auxiliar nessa tarefa.

Cristina Sleiman
Direito Digital e Propriedade Intelectual
http://www.cristinasleiman.com.br/quem_somos.php
 [memiliasalles@uol.com.br]

Postar um comentário
UA-15674926-13