983706779

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

A influência das redes sociais nas compras de final de ano


As redes sociais estão ajudando nas compras de Natal
Fonte da imagem: I <3 Social Media
As crises econômicas que estão abatendo vários países ao redor do mundo deixaram os consumidores mais agarrados a cada centavo, pensando melhor em como gastar cada moedinha suada. Neste cenário, a esfera social tem ganhado importância cada vez maior, principalmente em épocas de vendas sazonais, como o final do ano.

Antes da internet, fazer compras era uma atividade inerentemente social. No entanto, as compras online simplificaram esta experiência, permitindo que os clientes mudem de uma loja para outra com apenas um click, sem sair de casa. Agora que as compras online representam para muitas lojas o primeiro ponto de vendas, as lojas online estão adotando táticas interativas para se destacar da multidão, usando a interação nas redes sociais cada vez mais crescente do brasileiro para levar vantagem frente as concorrentes.

Segundo pesquisa feita pelo instituto Steelhouse, nos Estados Unidos, 82% dos norte-americanos entrevistados disseram pretender mudar seu comportamento na hora das compras visando gastar menos neste Natal. Isso mostra quando é necessário saber onde investir para atrair os clientes. Dos entrevistados, 36% planejam navegar a internet atrás de melhores ofertas este ano, enquanto 56% pretende comparar preços mais do que no ano passado. Outro ponto interessante encontrado na pesquisa foi que os consumidores têm ficado mais atentos as compras coletivas e cupons obtidos através das redes sociais.

Marcas e lojistas também estão de olho na popularidade do Facebook para impulsionar suas vendas de Natal. Há uma tendência de que as empresas passem a oferecer mais ofertas através do Facebook.

Usando tecnologia de geo-localização, empresas e marcas também lançam ofertas promocionais via check-ins. Muitas empresas oferecem incentivos para aqueles que fazem check-in utilizando o Facebook ou o Foursquare, inclusive no Brasil já é possível encontrar essas ofertas.

Desenvolvedores de aplicativos móveis têm procurado cada vez mais criar apps para smartphones que otimizam a experiência do comprador. Aplicativos como scanners de códigos de barras, por exemplo, que fazem a busca pelo produto em várias lojas procurando o melhor preço. Ainda existem aplicativos dedicados a criação de listas de compras, ou que procurem boas ofertas nas proximidades baseados em geo-localização.

A chave para construir a reputação da marca não se limita a ser capaz de convencer os consumidores a comprar seu produto, mas manter a relação para além da compra. Criação relações que sejam de longo prazo.

Nisso o relacionamento através das redes sociais é fundamental. Quando procuram o apoio, os consumidores procuram o meio mais rápido através do canal de sua preferência. Então, um número cada vez maior de empresas estão oferecendo estes serviços através dos canais sociais. Auxílio através das redes sociais permite aos funcionários resolver problemas ou responder perguntas, gerando um sentimento positivo que pode inevitavelmente aumentar a percepção global da marca.

E no espírito do Natal, não há melhor momento para lançar as bases de um relacionamento, cuidando da confiança entre cliente e empresa e fidelização dos mesmos para durar todo o ano novo, não é?

¹Alejandro é publicitário, designer, marketeiro, programador e web developer. Diretor de Arte e Analista de Mídias Sociais @AliahPercepcao. Administrador de conteúdo e colaborador do Comprimidos Publicitários.

Postar um comentário
UA-15674926-13