983706779

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

De transplante a terremoto, Twitter relembra as histórias do ano

Twitter selecionou histórias que não teriam acontecido sem o uso da rede social. Foto: Reprodução
Twitter selecionou histórias que não teriam acontecido sem o uso da rede social
Foto: Reprodução

O Twitter colocou no ar nesta quinta-feira um site especial destacando dez "momentos extraordinários" de 2011 que só poderiam ter acontecido a partir do uso do microblog. Em clima de retrospectiva, a rede social conta dez histórias que tiveram seu ponto de partida no Twitter, desde o homem que tuitou ao vivo o ataque ao esconderijo do Osama bin Laden ao pai sem-teto que reencontrou a sua filha após anos de separação com a ajuda da rede.

"Em 2011, mais de 60 bilhões de Tweets foram enviados em todo o mundo, cada um refletindo uma perspectiva particular e um ponto no tempo. É impossível escolher apenas dez histórias neste mar de Tweets para resumir o ano. Ao invés de tentar identificar os Tweets "mais importantes" do ano, nós selecionamos os dez Tweets mais emblemáticos que aconteceram primeiro no Twitter - ou que só poderiam acontecer no Twitter", afirma a rede de microblogs pelo seu blog oficial.

Entre as histórias em destaque foi a rede de solidariedade mundial formada após o terremoto no Japão, em março, a do ativista Wael Ghonim, que se tornou um dos símbolos do movimento pró-democracia no Egito e do astronauta Mike Massimino, que enviou o primeiro tweet do espaço. Além desses momentos históricos, a rede de micrblogs destacou também histórias inusitadas de gente comum, como a do usuário que enviou um tweet ao seu restaurante favorito pedindo um filé antes de embarcar e foi recebido no aeroporto por um garçom servindo o seu jantar ou do americano que conseguiu um transplante de rim ao fazer o pedido em uma postagem na rede.

As histórias estão disponíveis, em português, pelo endereço http://stories.twitter.com/index_pt.html. Quem quiser mandar sua história para a rede de microblogs pode tuitar usando a hashtag #HistóriasDoTwitter e seguir o perfil oficial @TwitterStories.

Fonte: Terra
Postar um comentário
UA-15674926-13