983706779

sábado, 28 de abril de 2012

China bloqueia Google Drive

 
Com isso, governo deixa mercado livre para o domínio do Baidu

Horas após ser disponibilizado globalmente, o Google Drive, serviço para armazenamento de arquivos na nuvem, foi bloqueado pelos provedores chineses, controlados pelo Estado. 

Com isso, o Governo deixa o território livre para que o Baidu (considerado o Google chinês) e outros serviços locais tomem conta do mercado. As informações são do blog The Next Web.

No mês passado, o Baidu apresentou (ainda em fase beta) o WangPan, que oferece 25 GB de espaço para armazenagem remota. Inicialmente, apenas 5000 usuários podiam aderir ao serviço por dia. Além do Google Drive, os usuários chineses também não conseguem acessar o Dropbox.

Seguidor das regras impostas pelo governo local, o Baidu é o principal serviço de buscas utilizado pelos chineses. A fim de combater a penetração do Google no país, a empresa atualmente trabalha no desenvolvimento de um sistema operacional móvel para concorrer com o Android.

Com isso, o Baidu pretende criar todo um ecossistema para desenvolvedores e usuários, assim como fizeram a Apple e o Google com a App Store e com a Google Play.

A China é o maior mercado digital do mundo, com cerca de 500 milhões de usuários. 

Anunciado ontem, o Google Drive oferece gratuitamente 5GB de espaço para armazenamento de documentos, vídeos, fotos, PDFs, entre outros.

O serviço também oferece upgrades 25GB de espaço por US$ 2,49 mensais, 100GB por US$ 4,99 ou até 1TB por US$ 49,99 ao mês.
Postar um comentário
UA-15674926-13