983706779

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Internautas criticam propaganda enganosa da Claro em redes sociais





Internautas sul-mato-grossenses estão criticando a operadora Claro, por conta de uma promoção realizada no dia 04 de abril, a qual classificaram de enganosa. Denominada “@digaoi à @Clarobrasil q explique @TIMTIMporTIMTIM pq ñ vão me dar o aparelho já q @Vivoemrede procurando promoções #ObrigadoClaro”, a campanha pretende ressarcir os compradores que fizeram os cadastro e pagaram por cartão de crédito o aparelho Samsumg Galaxy X, em promoção entre os dias 04 e 09 de abril, por meio da internet.

De acordo com print-screen (foto da tela) da página, feito por um dos clientes, o Galaxy X estava sendo vendido por R$ 20,50, no plano claro controle R$ 35, com duração de 12 meses. Diante da oferta, centenas de usuários adquiriram o produto. Contudo, na segunda –feira (9), a operadora explicou que todos os pedidos haviam sido cancelados, devido a uma falha no sistema.

Comprador que preferiu não se identificar, explicou que a prática é um tanto usual por algumas lojas on-line que utilizam a manobra para conseguir acessos e divulgar a página para possíveis anunciantes. “Imagina quantos usuários não passariam a entrar no meu site periodicamente depois disso? Não existe estratégia melhor. Fomos enganados!”, afirmou. Para outro cliente, além dos acessos há a questão dos dados pessoais.

“Com esse tipo de venda camuflada, eles tem acesso ao cadastro de milhares de pessoas que tentam fazer a compra, sem contar com os dados de cartão de créditos inseridos na tentativa de adquirir o aparelho. Esses cadastros, bem como as informações de crédito, valem uma fortuna”, reclamou.

Questionados sobre o valor suspeito - muito abaixo do mínimo de mercado – eles afirmaram que confiaram na idoneidade da empresa. “No mercado é prática comum jogar preços dos aparelhos celulares lá em baixo, as vezes até a zero, para conquistar consumidores. Por que não iríamos adquirir de boa fé, por R$ 20,50, se o que conta é a fidelização por 12 meses?”, declarou.

Em nota oficial a Claro informou que “o site da operadora gerou uma página com preços de aparelhos que não correspondem ao valor real. Desta forma, foram suspensas as vendas da loja online por tempo indeterminado”. Apesar disso, a operadora garantiu que “todas as vendas efetivamente aprovadas dentro das políticas atuais de crédito e habilitação serão honradas”.

Segundo o Procon (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) de Mato Grosso do Sul, a Americel Claro S/A ficou em 3º lugar no rankign geral de reclamações 2011.

Midiamax
Postar um comentário
UA-15674926-13