983706779

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Google Nexus 7, primeiras impressões

Conheça os prós e contras identificados em nossa primeira experiência com o tablet leve e barato da Google.

Melissa J. Perenson, PCWorld/EUA
O tablet Google Nexus 7 foi anunciado nesta terça-feira durante o primeiro dia da conferência Google I/O 2012, e consegui passar um tempo com ele para determinar como ele se compara aos concorrentes com Android. Minha primeira impressão é de que a Google acertou em muitos pontos, mas ainda não foi “em cheio”. Veja o porque.

nexus7-360px.jpg
Nexus 7, o tablet Android da Google
O que está certo
A tela, mesmo sob a iluminação incomum de um grande evento, me pareceu boa. O painel de alta-resolução (1280 x 800 pixels, HD) faz uma grande diferença comparado ao atual padrão para telas de 7 polegadas, 1024 x 600 pixels. Estou ansiosa para colocar no Nexus 7 algumas das imagens de alta-resolução que a PCWorld usa para testar telas e ver como ele se comporta.

Também gostei da traseira emborrachada que, combinada ao baixo peso (340 gramas) torna o aparelho muito fácil de segurar com uma mão só. Isso o torna muito bom para leitura, e facilita o compartilhamento de conteúdo com os amigos.

Em meu uso limitado o processador Nvidia Tegra 3 e o sistema operacional Android 4.1 Jelly Bean resultaram em um aparelho “ligeiro” na navegação em geral. Mas ainda encontrei “engasgos”, especialmente ao alternar entre arquivos de mídia.

O que está errado
A primeira coisa que me chamou a atenção foi a falta de um slot para cartão de memória. Com a memória interna limitada a apenas 8 ou 16 GB, esta é uma omissão séria e um sacrifício infeliz em nome de um preço menor. A Amazon recebeu (e mereceu) muitas críticas por algo similar em seu Kindle Fire (que tem 8 GB de memória interna, sem slot). Até mesmo o tablet Nook, da Barnes & Noble, tem um slot para cartões microSD.

Outra ausência: uma câmera traseira. Há uma câmera frontal para videochamadas, que são algo importante hoje em dia, mas escanear QR Codes, cartões de visitas, códigos de barras ou mesmo fazer uma foto do gato são razões práticas pelas quais uma câmera traseira em um tablet é algo desejável. Infelizmente, foi outro sacrifício que a Google e a ASUS tiveram de fazer para que o Nexus 7 atingisse seu preço baixo.

O que é mais interessante
As novas widgets do Google Play que mostram o que você está lendo, ou ouvindo, parecem úteis. O novo Launcher também me parece algo bastante interessante. Os funcionários do Google que estavam demonstrando o tablet disseram que ele será encontrado apenas em aparelhos com Android 4.1 e telas de certo tamanho (ou seja, 7.1 polegadas). Mas as widgets são parte do Play, e poderão ser usadas em qualquer aparelho onde ele estiver disponível.

Uma observação importante: as lojas de vídeos, músicas, livros e revistas do Google Play não estão disponíveis no Brasil. Com isso, quem optar por importar um Nexus 7 não terá acesso a esse conteúdo. É similar ao que acontece com o Kindle Fire.


Saiba mais sobre o Nexus 7

O Nexus 7 custará US$ 199 e já está em pré-venda no Google Play, inicialmente apenas para consumidores nos EUA, Canadá, Austrália e Reino Unido. As entregas começam em meados de julho. Cada compra inclui também uma cópia do filme Transformers: Dark of the Moon, uma cópia do livro The Bourne Dominion e um crédito de US$ 25,00 para ser usado no Google Play.

Uol
Postar um comentário
UA-15674926-13