983706779

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Mano aprova tecnologia de chip em bolas: 'Futebol estava precisando'

Por SporTV.com Rio de Janeiro

Técnico da seleção brasileira defende que tecnologia deve impedir erros graves de arbitragem: 'É sempre muito duro o prejuízo'

O técnico da seleção brasileira, Mano Menezes, elogiou a aprovação pela Fifa do uso de chip nas bolas para confirmações de gols em partidas de futebol. O treinador disse esperar que a tecnologia impeça erros de arbitragem graves.

- É um ganho. Talvez seja, e espero que sim, o pontapé inicial de algumas ações do futuro. O futebol estava precisando disso. É sempre muito duro o prejuízo, pode ficar fora de uma competição em um jogo decisivo, isso pode mudar o encaminhamento de um campeão, interrompe a sequencia que lá na frente pode lhe dar a conquista de um título.

A tecnologia consiste em um dispositivo que emitirá um alerta instantâneo aos árbitros assim que a bola ultrapassar a linha do gol. A inovação será testada pela primeira vez em uma competição oficial no Mundial de Clubes da Fifa, que será realizado no Japão, em dezembro, com participação do Corinthians, campeão da Libertadores. Se aprovado, será usado na Copa das Confederações de 2013 e Copa do Mundo de 2014, no Brasil.

Presente na Eurocopa, Mano relembrou o gol não validado na partida entre Ucrânia e Inglaterra na competição. Na ocasião, o zagueiro britânico John Terry retirou a bola em cima da linha.

- Na última Euro a gente teve um lance desses. O árbitro de fundo de campo estava muito bem posicionado, mas o olho humano não permitiu que ele visse com clareza uma bola que entrou. Consequentemente, se cometou mais um erro grave.


Mano Menezes no treino da Seleção Brasileira (Foto: Mowa Press) 
Treinador acredita que chip na bola apenas ajudará o futebol (Foto: Mowa Press)
Postar um comentário
UA-15674926-13