983706779

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Especialista aposta em redes sociais que devem fazer sucesso no Brasil

Para ele, entrada da família na rede, como mãe e avó, além de chefes, podem tornar o ambiente do Facebook, por exemplo, desconfortável. Nova onda seriam sites mais jovens, entre eles Pinterest e Tumblr.


‘Usuários da internet são um grupo de aves migratórias’, assim definiu o especialista em tecnologia Ronaldo Lemos ao se referir à efemeridade das redes sociais. Para ele, a explosão desses sites é um reflexo da inquietação dos jovens, que estão sempre em busca de algo novo. ‘A briga agora é pela qualidade’, diz Ronaldo.

Lemos destaca redes que já fazem sucesso fora do Brasil e que devem bombar nas telas dos brasileiros. Entre elas, Pinterest, Tumblr e Medium.com. Para ele, o único problema seria o acesso. ‘A primeira vista esses sites são elitistas. Alguns até selecionam quem vai entrar’.

Com essa nova onda, sites já conhecidos, como o Facebook, podem ter um futuro duvidoso. O especialista diz que hoje a rede já concentra outros círculos de pessoas. ‘É o drama das redes sociais. Entra você e seus amigos, depois a família, o chefe. Começa a ficar desconfortável aquele ambiente que era seu, daí a necessidade do sucessor’.

Apesar disso, Lemos lembra de algumas redes com nostalgia. É o caso do Orkut. ‘Esse site foi o registro de uma década muito importante para o Brasil, a primeira década que a inclusão digital bombou. Podemos ver pelos fóruns de discussões e a relação entre as pessoas, os usos eleitorais, as gírias e o poder de consumo da classe C, que passou a dar as caras na rede’.

O estudioso fala na necessidade de arquivar o conteúdo gerado pelas plataformas, assim como os Estados Unidos já o fazem. ‘A Biblioteca Nacional dos EUA decidiu preservar as redes sociais. As conversas dadas ali seriam tão importantes quanto os processos judiciais. Vale um apelo para a Biblioteca Nacional do Brasil ’.
 
G1
Postar um comentário
UA-15674926-13