983706779

sábado, 29 de dezembro de 2012

Aplicativos melhoram resultados de dietas para perda de peso

Quem está acima do peso conta com mais um recurso para ajudar a colocar o regime em prática: aplicativos de celular somam as calorias ingeridas, indicam a quantidade certa de atividade física e mostram se os alimentos escolhidos estão bem equilibrados nutricionalmente. Agora, um estudo demonstrou que quem utiliza esse recurso perde, em média, 3,9 quilos a mais em um ano, em comparação a quem não adere à tecnologia.

O estudo americano, feito na Universidade NorthShore e publicado na revista científica Archives of Internal Medicine, recrutou 69 adultos obesos ou com sobrepeso e os dividiu aleatoriamente em dois grupos. Ambos participaram de sessões quinzenais de orientação com nutricionistas, psicólogos e médicos, mas apenas um grupo recebeu computadores de mão para registrarem seu consumo de calorias.

Além de perderem mais peso ao final de 12 meses, os participantes que utilizaram o recurso tecnológico tiveram resultados melhores logo no início do experimento. Após três meses de participação, 36% dos voluntários desse grupo já haviam perdido pelo menos 5% de seu peso. No mesmo período, nenhum participante do outro grupo atingira resultado semelhante.

Para o médico Durval Ribas Filho, presidente da Associação Brasileira de Nutrologia, esse tipo de recurso está sendo cada vez mais usado. Essas tecnologias incorporam um padrão de conduta no cotidiano alimentar da pessoa”, diz. Isso se deve, segundo ele, ao fato de os aplicativos ou os programas online cobrarem uma mudança de comportamento. Quando somos direcionados, pressionados e cobrados a seguir determinados hábitos, os resultados são mais positivos, observa Durval Filho.

Postar um comentário
UA-15674926-13