983706779

sábado, 8 de dezembro de 2012

Usuários brasileiros concentram uso em apenas uma rede social



Facebook é a preferida, diz estudo da Opera.

A desenvolvedora norueguesa de browsers e soluções para internet Opera divulgou um relatório que revela o quanto as redes sociais tornaram-se parte integrante e essencial da web. Mas isso, salienta, não significa que todos os usuários online estão conectados. A escolha da rede social que as pessoas acessam está muito ligada ao local onde vivem.

No relatório, chamado de State of the Mobile Web (SMW) e realizado pela Opera, foram examinadas cinco redes sociais em mais de 190 países e regiões, mapeando a utilização delas ao redor do mundo. Mesmo com a variedade de redes sociais para escolher, muitos usuários preferem apenas uma, dando exclusividade para esta. No Brasil, por exemplo, 60% dos usuários acessam o Facebook, enquanto apenas 12% utilizam o Twitter.

Existem algumas exceções à regra. Os usuários na Estônia, por exemplo, equilibram o uso de redes sociais ocidentais, como o Facebook e o Twitter, com as redes russas Odnoklassniki e vKontakte. Mais de 30% dos usuários do Opera Mini no país visitam o Facebook pelo menos uma vez por mês, enquanto 7,8% visitam o Odnoklassniki e 18% visitam o vKontakte no mesmo período de tempo. No resto do mundo, essa divisão não é tão equilibrada.

Os cidadãos de Macau são, de longe, os usuários do Facebook mais ativos em termos percentuais, enquanto a Indonésia tem o maior número de usuários únicos do Facebook no Opera Mini (navegador móvel da empresa). Para o Twitter, os habitantes do Paraguai e do Japão são os usuários mais ativos, enquanto a Indonésia ainda tem o primeiro lugar em termos de usuários únicos.

Odnoklassniki e vKontakte estão entre as maiores redes orientais, com mais de 10% da base de usuários em 12 e 10 países, respectivamente. O Weibo é usado principalmente na China, mas também há usuários no leste da região da Ásia e nas Américas.



Postar um comentário
UA-15674926-13