983706779

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Proibido de usar o Facebook, garoto cria rede social para pré-adolescentes

Com apenas 11 anos, o site de Zachary Marks já conta com mais de 7 mil usuários. Adulto? Só pedindo permissão

por Redação Galileu

“Faça amigos com gente legal de verdade” diz a home do site. Preocupação em não deixar os preocupados //Crédito: Divulgação

A idade mínima para criar um perfil no Facebook é 13 anos. Mas mentir a idade na internet, como você deve saber a essa altura, não é exatamente difícil. Foi isso que o norte-americano Zachary Marks fez: com 11 anos, ele não queria ficar de fora da rede social onde o resto do mundo inteiro está e lá foi o garoto enganar Zuckerberg. Uma semana depois, seus pais descobriram a farsa e o proibiram de acessar o site. Mas o garoto não se abalou. Em vez de choramingar, ele decidiu criar a Grom, uma rede social só pra pessoas como ele: gente que já não é mais nenhuma criança mas que também ainda não atingiu a maturidade típica dos seres humanos de 13 anos. 

Segundo Zachary, ele se envolveu em uma discussão com adultos no Facebook. A discussão envolvia troca de insultos e palavrões e foi essa parte que desagradou seus pais. Então nada mais natural que a Grom tenha um filtro de linguagem para evitar esse tipo de coisa. Como dá pra ver na foto acima, o visual do site é repleto de desenhos e o conteúdo é baseado em fóruns sobre skate, celebridades, games e outras amenidades relativas a pré-adolescência. O “pacote Facebook” de compartilhar fotos, vídeos, criar eventos, conversar no chat e etc também está ali. Destaque para a sessão de dicas: o avatar de um policial dá instruções sobre como se comportar enquanto você espera o ônibus da escola ou enquanto está sozinho em casa. A bronca do pai parece ter surtido efeito. 

A Grom foi criada em novembro de 2011 e já conta com 7 mil usuários. Apenas adolescentes com menos de 15 anos e que morem nos EUA ou Canadá podem participar. Adultos, só com aprovação dos pais dos membros. Na sessão “Sobre” do site, Zachary não faz referências sobre ser autodidata em programação, design ou coisa do tipo, ele apenas diz que a Grom “é fruto de muito trabalho” e que vários amigos o ajudaram na construção dele. Zachary se inspirou no seu hobby favorito, o surf, pra batizar a rede - a palavra Grom é uma gíria americana para jovens surfistas talentosos. 

Postar um comentário
UA-15674926-13