983706779

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

LinkedIn é acusado de sexismo contra programadora "bonita demais"

Argentina Florencia Antara aparecia em anúncio de desenvolvedores freelancers e foi considerada 'spam', em vez de profissional de verdade Foto: Divulgação

O LinkedIn, rede social para currículos e contatos profissionais, está sendo acusado de sexismo por ter removido anúncios que usavam a foto de uma programadora que seria bonita demais. Segundo o Daily Mail, a argentina Florencia Antara aparecia em propagandas de um serviço de contratação de freelancers, mas teria sido muito bonita para ser uma programadora de verdade.

A controvérsia começou quando a Toptal, plataforma de networking de desenvolvedores, postou uma série de anúncios no LinkedIn voltada ao setor de engenharia web. Os posts foram rapidamente removidos e a rede social pediu "fotos relacionadas ao produto", o que levou a uma resposta indignada do CEO da Toptal, segundo o jornal britânico.

Postar um comentário
UA-15674926-13