983706779

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Empreendedores do RS ampliam negócios através de redes sociais


Pequenas empresas criam perfis para atrair e se relacionar com clientes. 
Mas cuidados devem ser tomados na hora de interagir com o público.


Do G1 RS

Na era da internet, estar presente nas redes sociais é um movimento quase que obrigatório para empreendedores. O espaço é um importante canal de comunicação com o cliente. Mas segundo especialistas, é preciso alguns cuidados na hora de se posicionar no ambiente virtual.

Mesmo as pequenas empresas estão ampliando a presença nas redes sociais. É o caso de uma loja de roupas femininas em Cruz Alta, na Região Noroeste do Rio Grande do Sul. Enquanto a nova vitrine é montada, as peças são fotografadas e logo vão parar na internet.

Há um ano, a proprietária da loja mantém a página em uma rede social. No espaço, as clientes podem acompanhar as novas coleções sem sair de casa ou do trabalho. “Hoje as pessoas têm menos tempo para fazer tudo, então assim é uma forma delas pedirem roupas para provar, comprar sem sair de casa ou do trabalho", diz a empresária Angélica de Moraes Martins.

A iniciativa deu tão certo que hoje esse serviço é fundamental para o lucro da empresa. Segundo a proprietária, 50% de tudo que a loja vende é comercializado pela internet. E toda essa experiência se tornou estratégia para o negócio.

Outro exemplo pode ser identificado no ramo de alimentação. Em um restaurante da cidade, o cardápio também foi parar em um álbum de fotos na rede social. É possível até fazer pedidos on-line. “Eu acredito que a internet é uma das três principais formas de divulgação. E o melhor: é de graça”, diz o empresário Wilian Lincke.

Os clientes aprovam a presença das empresas nas redes sociais. Para a assistente administrativa Fabiana Barbosa, seguir os perfis comerciais na web abre novas possibilidades de interação. “É bacana porque a gente fica sabendo em qual o horário o lugar funciona, o que oferece, qual é o telefone, onde fica. É muito legal. E sempre dá para tirar aquela foto e postar na hora”, diz.

Porém, é preciso ter alguns cuidados importantes na hora de ingressar neste mundo virtual. Entre os erros mais comuns está a falta de relacionamento com o público. Pesquisas apontam que a interação é fundamental. Toda rede social precisa ser um espaço de diálogo, de conversa.

Outro erro é tentar “vender a todo custo”. Não adianta querer vender apenas o produto ou serviço, ser 100% comercial. O mais indicado é compartilhar outras informações interessantes e jamais “tentar apagar um erro”. Ignorar e fazer de conta que não aconteceu é pior. A alternativa é assumir, pedir desculpas e tentar corrigir o problema de alguma forma. 

Postar um comentário
UA-15674926-13