983706779

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Os Sonhos Alimentam A Vida - Dica de Leitura


Uma vida sem sonhos é uma manhã sem orvalhos, um céu sem estrelas, uma mente sem criatividade, uma emoção sem aventuras. Os sonhos não determinam o lugar aonde vamos, mas produzem a força necessária ´para nos tirar de onde estamos. Porém, eles não podem ser solitários, precisam enamorar-se da disciplina. Sonhos sem disciplina produzem pessoas frustradas, e disciplina sem sonhos produz pessoas autômatas, que só obedecem às ordens dos outros.

Sonhos e disciplina, eis o casamento perfeito para o êxito. Divorciar os sonhos da disciplina, eis a receita infalível para o fracasso. Ao distanciar os sonhos da disciplina, executivos perderam a capacidade de se reinventar, profissionais liberai esgotaram o ânimo para se atualizar, mulheres fragmentaram sua autoestima, jovens ficaram viciados no mundo digital e se tornaram meros consumidores de produtos e serviços.


Sonhar em ter uma empresa sustentável, em ser um profissional brilhante, em ter excelentes amigos, em conquistar um parceiro ou uma parceira inteligente e amável, em ter filhos para irrigar nossa história e em conhecer os mistérios da vida são aspirações que devem dominar o território de nossa mente. Mas, entre todos eles, o sonho mais relevante que devemos almejar é a saúde emocional. Sem ela, a tranquilidade fará parte dos dicionários, mas não da nossa existência, o sentido da vida se tornará uma miragem, a felicidade será uma utopia.

Sem saúde emocional, empresários empobreceram com altas somas de dinheiro no banco, casais se desgastaram e pais perderam os filhos mesmo sob seus cuidados. Mas para ter saúde emocional é necessário compreender que a vida é um contrato sem cláusulas definidas. Perdas e ganhos, elogios e frustrações, aplausos e vaias, fazem parte da trajetória de todo ser humano. Por isso, devemos proteger a mente, gerenciar a ansiedade, trabalhar as perdas - enfim, ter resiliência.

O que é a resiliência? É a capacidade de preservar a integridade diante das adversidades. É, acima de tudo, aprender a proteger a própria emoção. sem filtro, a mente se torna terra de ninguém, facilmente se aprisiona dentro de si mesma. A segurança de um ser humano não se mede pela inteligência, pelo dinheiro, pelo poder político ou pelos guarda-costas que ele tem. Mas pela capacidade de escolha, não é treinado e equipado para lidar com as intempéries da vida? Profissionais em todo o mundo se formam nas mais diversas universidades, mas estão despreparados para os desafios socioprofissionais e existenciais, não sabem o que fazer com seus fracassos, suas crises, seu caos e suas decepções. Foram preparados para navegar em céu de brigadeiro, mas não para enfrentar os terremotos emocionais.

Você verá neste livro histórias de personagens incríveis - como o Mestre dos mestres, Abraham Lincoln, Martin Luther King, Beethoven - que foram feridos, desprezados, incompreendidos, atravessaram os vales sórdidos das perdas, dos vexames, do escárnio e dos deboches. Se não tivessem aprendido a ter resiliência, não sobreviveriam, teriam não só desenvolvido doenças mentais, como também enterrado seus sonhos nos solos da dor, das crises e das dificuldades.

Muitos registram janelas traumáticas (killer) diante das ofensas e das injustiças. É normal. Mas gravitar em torno dessas janelas é doentio. Ter um Eu que chafurda na lama do passado reflete sua necessidade neurótica de remoer mágoas e frustrações. Isso nos torna reféns de nossa história, e não autores dela.

Vale a pena vive a vida, mesmo quando o mundo parece ruir aos nossos pés. Para isso, devemos usar nossos sonhos para temperar a existência, nossas dores para nos construir e não para nos destruir. Devemos gritar em silêncio que os melhores dias estão por vir, enfrentar os períodos mais tristes da vida não como pontos finais, mas como vírgulas para continuar a escrever nossa trajetória.

Infelizmente, a juventude está perdendo a capacidade de sonhar. Os jovens têm muitos desejos, mas poucos sonhos. Desejos não resistem às dificuldades, já os sonhos são projetos de vida, sobrevivem ao caos. A culpa, porém, não é dos jovens. Os adultos criaram uma estufa intelectual que lhes destruiu a capacidade de sonhar. Eles estão adoecendo coletivamente: são agressivos, mas introvertidos; querem muito, mas se satisfazem pouco.


Se os sonhos são pequenos, sua visão será pequena, suas metas serão limitadas, seus alvos serão diminutos, sua capacidade de suportar as tormentas será frágil. A presença dos sonhos transforma os miseráveis em reis, e a ausência deles transforma os milionários em mendigos. A presença dos sonhos faz de idosos, jovens, e a ausência deles faz dos jovens, idosos.

Os sonhos trazem saúde para a emoção, equipam o frágil para ser autor de sua história, renovam as forças do ansioso, animam os deprimidos, transformam os inseguros em pessoas de raro valor. Os sonhos fazem tímidos se encherem de ousadia e os derrotados serem construtores de oportunidades. Uma mente saudável deveria ser uma usina de sonhos, pois eles oxigenam a inteligência e irrigam a vida de prazer e sentido.

Este livro foi escrito para todos os que precisam sonhar (crianças, jovens, pais, profissionais) e não apenas para psicólogos e educadores. Ele fala sobre a ciência dos sonhos, a mente dos sonhadores, a personalidade dos que nunca desistiram dos seus sonhos. Acima de tudo, ele ensina a pensar. Provavelmente, ao lê-lo, você vai repensar a sua vida. Uma mente saudável deveria ser uma usina de sonhos. Pois os sonhos oxigenam a inteligência e irrigam a vida de prazer e sentido.

Você também verá parte da minha história nesta obra: crises, rejeições, dificuldades, algumas lágrimas que chorei e outras que não tive coragem de chorar. Mas acho que lágrimas são vírgulas invertidas. Quando o mundo desabou sobre mim precisei ser um comprador de vírgulas para continuar a compor minha história... Todos os sonhadores escreveram seus melhores capítulos nos dias mais dramáticos... Espero que você faça parte desse time.

Augusto Cury,
Julho de 2015

Nunca Desista de Seus Sonhos, página 9 
Postar um comentário
UA-15674926-13